14 de julho de 2015

Charniqueiros... e os dias das marés vivas :-)


Era em Sta Cruz, há algum tempo atrás, que as filas de barracas iam até ao nº 25. Era na última, ou penúltima barraca da fila 3 dos paus vermelhos, (a última era sempre da minha tia), o mais perto possível do mar, que a nossa barraca era alugada para os tão desejados 30 dias seguidos de praia. 
Era o reencontro, anual, com os amigos deixados no Verão anterior, muitas vezes entre lágrimas. Durante 11 meses as cartas uniam-nos. A única maneira de não perder contactos, histórias, recordações. Passávamos metade do ano a lembrar o Verão anterior e a outra metade a falar das férias que viriam.  O telefone era mais caro e com tanto que tínhamos para falar, com certeza que o mais certo seria um ralhete dos pais. São centenas as cartas que guardo, carinhosamente, na minha caixa de lata. Uma caixa antiga ainda com as asas e a abarrotar de envelopes...



Nos últimos dias de férias, em Setembro arregaçávamos as "calças" às últimas barracas. O mar, nas suas marés vivas, chegava até elas. As roupas, sacos e chinelos ficavam pendurados nos paus de madeira, e nós, atentos e todos deitados em círculo, virados para o mar ficávamos a vê-lo, à espera que, de repente ele subisse sem aviso. Para nosso divertimento, aguardávamos pacientemente uma onda grande que subisse virtiginosamente a areia era o auge da gargalhada, quando as pessoas deitadas mais abaixo, se levantavam a tentar agarrar tudo para que não se molhasse. Muitas vezes infrutiferamente, heheh (risos) :-) Juventude malandra, que se ri da maçada alheia.



Era a meio da tarde desses dias animados que chegavam os charniqueiros. Vinham para o lanche e algumas vezes ainda quentinhos. Desfaziam-se na boca como mel. Trazia-os a minha tia e a magia acabava com eles. Sim, era a magia, não éramos nós :-)
Um obrigada à tia Didi, por estas tardes mágicas e docinhas.
Ofereço-vos estes bolinhos deliciosos que, apesar de bons acabados de sair do forno, eu continuo a preferir frescos, guardados no frigorífico e roubados a meio da tarde. 
Enjoy



Charniqueiros

Ingredientes
400g de açúcar
100g de farinha
1 colher de sopa de farinha custarda
2 ovos
50g de margarina vegetal
1/2 L de leite

Preparação
Untar abundantemente formas pequenas de queques e polvilhar com farinha. Não devem ficar muito gordurosas.
Ligar o forno previamente a 180º
Misturar o açúcar com as farinhas. Juntar os ovos batidos e mexer até ficar homogéneo. Adicionar a margarina derretida, seguida do leite e bater até ficar tudo bem ligado.
Encher as formas até acima, levar ao forno já quente cerca de 20 a 25 minutos.
Verificar com um palito, mas tendo em atenção que os charniqueiros são um pouco esponjosos.
Bom apetite ;-)




Beijos e boa semana



16 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada, são mesmo muito gulosos 😊
      Beijinho
      C

      Eliminar
  2. que bonitos que perfeitos, e melhores que bem saborosos que devem ser.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconselho para quem é guloso, ficam mesmo docinhos.. Adverto que não comam muitos! Só por causa da linha 😉
      Beijo
      C

      Eliminar
  3. Só te digo que até fiquei sem ar a olhar para estes teus charniqueiros...
    Amei a textura e as fotos ♥
    Bjinhoooos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh que querida, Patrícia ❤️ Muito obrigada por tanto carinho e pelos elogios 😘
      Beijos grandes
      C

      Eliminar
  4. Your sweets look so cute!

    http://beautyfollower.blogspot.gr

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you, Beauty 😍 you are very kind 😉
      Kisses
      Cláudia

      Eliminar
  5. Minha Querida,

    E foi desta que nos brindas te com a receita dos charniqueiros. E ainda bem que eu já a "roubei". Adoro as fotos, adoro a textura só não consigo sentir o cheirinho deles... Mas quentes ou já frios aceito uns tantos.

    Beijinho enorme já com saudades <3 <3 <3
    Baixinha :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconselho que brindes o teu forno com estas delícias e aconselho que não comas todos de uma só vez... 😉
      Ai fresquinhos, são babatórios, cuidado 😍
      Beijinhos minha Baixinha e até breve.
      C

      Eliminar
  6. Que vontade de roubar um!
    Essas memórias são doces e fazem-nos sempre sorrir não é?
    Nós montavamos alto estaminé na praia, com imensos chapéus e pára-ventos (aqui o que não falta nunca é o vento!) e ali nos juntavamos nas férias grandes, e brincávamos toda a tarde.
    Tão bons esses charniqueiros. Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós tínhamos a barraca de riscas todos os anos, e para grande saudade minha tínhamos também o maior grupo de praia... Formávamos sempre uma roda enorme a ocupar grande circunferência na areia 😍 Quem queria passar para o mar tinha que ir dar a volta... Ríamos tanto com a cara de zangadas das pessoas, é que não dava sequer para passarem no meio!
      Obrigada querida Ginjinha, um grande beijinho
      💛 C

      Eliminar
  7. Ah como eu sinto falta do mar! Que bonito é ouvir essas memórias suas! Eu também tenho muitas lembranças lindas vividas na praia, também sou menina do mar (risos). E quanto aos bolinhos que lindinhos fiquei com muita vontade de provar tem um aspecto de pudim. Parecem ser deliciosos!
    Beijinhos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre tão atenciosa e querida... Serena como o cor de rosa ❤️
      As recordações são as nossas bases de felicidade, não são?
      Muito obrigada e muitos beijinhos
      C

      Eliminar
  8. Uma maravilha de sugestão Cuca e que aspecto magnífico têm estes teus charniqueiros!
    São tão boas essas memórias infantis não são? Quase que as visualizamos, qual película á frente dos nossos olhos, de tão intensas e marcantes que são. Essa é das coisas boas da vida, as memórias!!
    Um beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão querida Lia. Quantas vezes um cheiro, uma música e até uma situação me trazem à memória momentos de praia, de amigos, de tanta alegria e divertimento ❤️
      Muito obrigada minha querida 😘
      Beijinhos grandes
      C

      Eliminar

Obrigada por andarem por aqui. São sempre bem-vindos.

Pin It button on image hover